Chicago PD 1×07 – The Price We Pay

CPD-1x07Pra quem pensou que Voight iria se ferrar, não dessa vez.

Baita de um episódio bom de Chicago PD, não que seja novidades não é? Porque essa primeira temporada da série está ficando cada vez melhor.

Lembram do episódio anterior, com aquele final onde Justin apareceu todo desesperado no apartamento de Erin com as mãos cheias de sangue? Então, esse episódio deu uma continuidade das boas naquele plot todo e foi exatamente o centro desse episódio.

Claro que o rapaz tinha se enfiado em alguma confusão, isso é o que todos tínhamos certeza que iria acontecer, mas a curiosidade era em saber como Voight iria agir quando descobrisse que seu filho tinha se envolvido em algo. O episódio já começou com aquele criminoso sendo encontrado morto em algum parque abandonado, dai pra frente tudo começou a ficar ligado e não demorou até que o nome de Justin começasse a surgir no meio do caso.

Tudo bem, não foi ele quem apertou o gatilho e matou o cara, mas o rapaz estava junto e foi o motorista da vez. Só não entendi ainda o motivo das mãos dele estarem cheias de sangue naquele momento em que foi até Erin, mas durante o episódio mostraram que ele apenas era o motorista e seu amigo foi quem matou a vítima.

Voight ficou um tanto quanto desesperado ao longo do episódio, ainda mais depois de receber mais uma cobrança daquela mulher que está num cargo superior e foi responsável por ele voltar pra polícia, claro que com a condição de ajudar a prender os bandidos “fodões”. Claro que Voight não iria simplesmente deixar que se filho se ferrasse mais uma vez e não demorou muito para que a tal mulher (que eu nunca lembro o nome) fosse até Antonio, com a ideia de fazer com que o detetive ajudasse ela ferrar com Voight.

Eu imaginei que Antonio não fosse mesmo fazer tudo aquilo, de início ele até deu continuidade na investigação desafiando Voight em todos os lados. Claro, o policial ficou mais do que voltado e a vontade que tinha era voar pra cima do Antonio naquele momento. Acontece que não demorou muito e pelo que entendi, assim que descobriu que o filho de Voight estava envolvido e que de certa forma ele tinha sido enganado, não sendo quem puxou o gatilho. Depois disso Antonio acabou apoiando seu parceiro e com isso Justin conseguiu se safar mais uma vez, porém acabou sendo obrigado pelo pai a se alistar na polícia.

O melhor ficou por conta daquele último diálogo de Antonio com a tal mulher que estava querendo ferrar com Voight. O rapaz ouviu alguns gritos dela, mas logo em seguida revidou trazendo histórias do passado que envolviam ela e sua frieza para subir de cargo. Pra mim Antonio lacrou e se tornou o grande destaque desse episódio.

Anúncios