Chicago Fire 3×07, Law and Order: SVU 16×07 e Chicago PD 2×07 – Chicago Crossover

Chicago-Crossover-1O tal especial que Dick Wolf prometeu e cumpriu cada pedaço.

Olha, acho que nunca tinha assistido um Crossover tão espetacular como esse. A promessa foi grande e pra mim valeu a pena cada minuto dos três episódios, especialmente a segunda e terceira parte, sendo com SVU e Chicago P.D. respectivamente.

Nem estava tão informado assim do que realmente iriam tratar nesse especial com as três séries, mas com toda aquela divulgação ficou difícil não criar uma baita expectativa e já no finalzinho do 3×07 de Chicago Fire, quando eles deram a abertura para o início da coisa essas expectativas foram as alturas e eu já tinha certeza que viria maravilha pela frente.

A primeira parte foi mesmo para fazer uma introdução ao grande caso que seria trabalhado nesse crossover. Boa parte do episódio de Chicago Fire seguiu normalmente, com a 51 atendendo os chamados de incêndio e os plots envolvendo os personagens principais da série, inclusive o casamento maluco de Severide em Vegas. Foi realmente nos minutos finais, quando eles foram atender o chamado de incêndio em uma residência que marcou o inicio de toda a história.

Severide acabou descobrindo uma caixa misteriosa do proprietário do imóvel e dentro dela estavam muitas fotos de crianças sendo abusadas e trazendo a tona literalmente uma enorme rede de pedofilia que estava acontecendo. Pra deixar tudo ainda mais intenso o departamento de Voight logo foi chamado para assumir o caso e ainda veio com a bomba de que o irmão de Erin estava entre as vítimas.

Na segunda parte a coisa foi literalmente intensa. Em Voight, Erin e Jay foram para Nova York trabalhar com o time de Benson, que era os verdadeiros responsáveis por crimes desse estilo. Por lá eles passaram a investigar cada dica na tentativa de conseguir encontrar os verdadeiros responsáveis e acabar de uma vez por todas com toda aquela barbaridade.

Chicago-Crossover-2Ver pedaços daqueles vídeos com crianças presas sendo totalmente abusadas foi de arrepiar e acabou ficando difícil não se emocionar e torcer para que todos conseguissem finalizar esse caso de uma vez por todas. Sem contar ainda o irmão de Erin que acabou sendo encontrado e se demonstrou uma pessoa completamente destruída emocionalmente depois de ter passado por tudo isso. O reencontro deles não foi uma coisa fácil, até porque não se viam a mais de dez anos, mas pelo menos ele acabou ajudando bastante no desenvolver o do caso.

Erin também ficou muito abalada com toda aquela situação e num momento do episódio Voight acabou mandando ela de volta para Chicago e ele foi quem começou a participar mais ativamente da investigação. Como não citar a cena do próprio Voight e Benson disfarçados como pai de uma das crianças sequestradas para conseguir informação daquela jovem? Foi o momento mais cômico desse crossover e talvez o único que tivemos nesses três episódios.

Pulando para Chicago P.D. foi nessa terceira parte que o caso caminhou para um desfecho, mas claro que da maneira mais difícil de se imaginar. Teve policial morto, entre tantas outras pessoas ligadas ao caso, perseguição que terminou no bandido caindo do prédio e estourando os miolos, o novo comandante insuportável na divisão de Voight e tantas outras coisas.

Conseguir encerrar era algo que estava bastante difícil de se alcançar, mas aos poucos Voight e sua equipe, com a ajuda do pessoal de Nova York acabaram encontrando novas pistas e finalmente chegando até o chefão daquela gangue toda. Teddy participou novamente do episódio e foi a pessoa que identificou o bandido em uma das fotos, com certeza não foi algo fácil para o rapaz, mas pode-se dizer que ele foi uma peça chave para que a polícia conseguisse chegar até o mandante do grupo.

Chicago-Crossover-3Conseguiram fazer o resgate de outras crianças que haviam sido sequestradas e ainda teve Erin se apegando demais em uma das vítimas, reservando novas cenas emocionantes. Aí quando eles já tinham me destruído quase por inteiro, teve aquelas cenas finais com todos fazendo uma baita homenagem para o policial que havia sido assassinado. Como não se emocionar com a cena minha gente?

Foi realmente um excelente Crossover e Dick Wolk fez um baita trabalho com os três episódios. Afirmo aqui pra vocês que fiquei até com vontade assistir Law &Order: SVU, uma pena a série já ter tantas temporadas.

Anúncios