Primeiras Impressões: Sense8 – A nova grande aposta do Netflix

Sense8Comentários sobre os episódios:

1×01 – Limbic Resonance
1×02 – I Am Also A We
1×03 – Smart Money’s on the Skinny Bitch

Claro que não poderia deixar de dar uma conferida na comentada estreia do Netflix que parou a Internet nos últimos dias.

A tempos a estreia de Sense8 vem sendo aguardada pelo público, eu mesmo assisti ao trailer liberado pelo Netflix e claro, dei aquela pesquisada para me informar um pouco mais sobre o que se tratava a série.

Sense8 tem por trás o nome dos irmãos Wachoeski (Matrix) e talvez esse tenha sido um dos grandes motivos para deixar o público tão ansioso pela estreia da série. Ela foi liberada pelo Netflix no dia 06 de junho e nos últimos dias tomou conta da Internet com a galera comentando sobre as polêmicas dos episódios.

Sense8-aAté agora consegui ver os três primeiros episódios e de primeira impressão preciso dizer que mesmo não entendendo muita coisa no meio daquele monte de gente a série conseguiu me prender já nos primeiros minutos. O piloto foi muito bem montado e mesmo tendo mais de uma hora de duração, não ficou cansativo e me deixou muito intrigado, morrendo de vontade correr ver logo o seguinte.

A ideia da série é mostrar seis personagens, completamente distintos de países diferentes que de alguma forma estão ligados entre si. Já no piloto, conhecemos Angelica, uma mulher que aparece para cada um deles pouco antes de se matar e depois disso, coisas estranhas começaram a acontecer, deixando claro que a distância geográfica não é o problema por ali.

Confesso pra vocês que realmente não consegui entender muito enquanto assistia o piloto, aliás, não consegui entender quase nada. Mesmo assim o episódio me prendeu de uma forma que não sei explicar, fiquei ligado na tela, acompanhando o pouco que mostraram de cada um dos sensitivos, como é chamado essas oito pessoas.

Sense8-bO primeiro episódio se limitou em tentar mostrar um pouco de cada um, pulando de país em país. Até então preciso dizer que entre os oito, os que mais se destacaram, pelo menos pra mim foi a DJ que mora em Londres, o policial de Chicago, a transexual de São Francisco o arrombador de cofres de Berlim e a jovem empresária de Coreia, essa última que no terceiro episódio me conquistou bonito.

Não faço a mínima ideia de como explicar essa ligação entre cada um dos sensitivos, aliás, se alguém souber por favor me conte, porque mesmo assistindo os três episódios ainda não consegui entender direito. Também fiquei muito curioso pra saber um pouco mais sobre Angelica e claro, o tal Jonas que voltou a aparecer nesse terceiro episódio causando um certo tumulto e me enchendo ainda mais de perguntas.

No segundo episódio, os personagens que mais receberam destaque foram o policial com todo o plot em que salvou o jovem baleado, a transexual que caiu da moto durante o desfile da Parada e descobriu estar com um tumor no cérebro, a jovem indiana que está prestes a se casar com um homem que não ama e o galã mexicano que tenta esconder do público que é gay.

Sense8-dPor algum motivo a jovem de Mumbai também ganhou minha simpatia. Todo aquele seu jeito delicado me ganhou. Acho que ela vai render muita coisa boa ainda pela frente e gostei das visões dela com o jovem de Berlim. Já pode começar a shippar os dois como casal? Já o galã mexicano preciso dizer que me matei de rir com a outra atriz comemorando ter descoberto sobre ele e seu namorado, ficando literalmente no meio do casal e se oferecendo para ser a namorada falsa dele na frente das câmeras.

O terceiro episódio confesso pra vocês que na primeira parte achei um pouco parado, mesmo assim continuei completamente intrigado com tudo aquilo. Impossível não ficar torcendo por Nomi, pra que ela conseguisse fugir daquele hospital, ainda mais depois de conhecer a bitch da mãe dela. A perseguição entre o policial e Jonas também foi muito interessante e o cara misterioso me deixou ainda mais intrigado com a história toda.

Também gostei das cenas do jovem de Nairóbi, que teve seu ônibus roubado e junto dele os remédios que conseguiu comprar para sua mãe doente. Aliás, esse plot rendeu o que pra mim foi a melhor sequência da série até agora, poraquê aquele final me deixou literalmente no chão de tanta lindeza.

Sense8-cNão me perguntem como, aliás, como disse antes, me explique quem souber, mas de alguma forma a tal empresária de Berlim que estava acabando com um cara dentro do ringue simplesmente foi parar em Nairóbi e entrar no corpo do tal jovem, dando uma boa surra em cada um dos bandidos e fechando o episódio perfeitamente. Aquela sequência foi muito maravilhosa gente, depois disso a mulher se tornou uma das minhas preferidas.

Então deu pra perceber que Sense8 conseguiu me prender legal. Só vi os três primeiros até agora, mas pretendo terminar o mais rápido possível pra ver se esclarece um pouco minhas inúmeras dúvidas sobre a série. Pra mim foi meio que um tapa na cara, porque estava na certeza de que o piloto não me agradaria, mas foi exatamente o contrário.

O Netflix mais uma vez conseguiu causar o maior barulho e não foi à toa, porque se a intenção era lançar algo misterioso e intrigante, os irmãos Wachoeski estão de parabéns, porque isso fizeram e muito bem.

Anúncios