Primeiras Impressões: Limitless (1×01 – Pilot)

Limitless-1x01-aEsse sim foi um episódio piloto que valeu a pena.

Confesso pra vocês que quando assisti ao trailer de Limitless até achei a premissa interessante, porém não estava botando muita fé e jamais imaginei que iria gostar tanto do piloto. Foi totalmente o oposto de Minority Report, o episódio me prendeu do começo ao fim, sem contar o fato de ter me deixado super ansioso pelo seguinte.

A produção leva o nome de Bradley Cooper e dos produtores Todd Phillips, Alex Kurtzman e Roberto Orci, sem contar o fato de que Cooper participa da série, interpretando o papel do Senador Edward Mora. A história tem início no ponto onde o filme Sem Limites, estrelado por Cooper em 2011 terminou. Conhecemos Brian Finch (Jake McDorman), um rapaz que não construiu literalmente nada em sua vida ao longo dos anos e passa a acessar 100% de sua habilidade cerebral após usar uma droga chamada NZT.

Já no começo do episódio as coisas estão agitadas, com Brian sendo perseguido por policiais e literalmente pulando na frente de um metrô, onde a tela da aquela congelada e ganhamos uma explicação para tudo que aconteceu até aquele ponto. Tem como não ficar interessado já de início? Eles realmente conseguiram prender a atenção do telespectador com essa forma de iniciar a história. Você fica se perguntando o motivo de Brian estar sendo perseguido e claro, o por que daquela atitude maluca de pular na frente de um metrô.

Limitless-1x01Conhecemos sua história, como as coisas chegaram nesse ponto, bem como sua família e os problemas de saúde de seu pai, que na verdade foi o que acabou aproximando o rapaz do NZT. Na verdade foi graças ao reencontro com um antigo amigo que lhe ofereceu a droga e com isso ele conseguiu fazer coisas extraordinárias, como descobrir durante uma noite, o diagnóstico para o que estava acontecendo com seu pai quando os próprios médicos não conseguiram fazê-lo mesmo após tantos exames.

Tudo fica ainda mais interessante quando Brian se aproxima da Agente do FBI Rebecca Harris (Jennifer Carpenter, Dexter). Ela já tinha enxergado algo de diferente no rapaz enquanto perseguia ele no metrô, algo que viu em seus olhos impediu que puxasse o gatilho e a aproximação dos dois foi crescendo ao longo do episódio. Rebecca foi literalmente a única que não conseguia acreditar que Brian era o responsável pela morte de Eli e com isso a ligação entre os dois foi ficando mais forte.

Precisa nem dizer que já comecei shippando o casal né? Espero que ao longo dos episódios role alguma coisa, mas acredito que não vai ser algo tão rápido, já que deu pra notar que a série vai tomar aquele rumo de caso da semana. No final das contas, Brian acaba sendo inocentado e ainda por cima chamado para trabalhar como consultor no FBI para ajudar nos casos enquanto estiver sob o efeito do NZT. Claro que ficou meio óbvio que na verdade o que os superiores querem é estudar o cara e descobrir porque ele não apresentou os sintomas que a droga causou nas outras pessoas.

Limitless-1x01fOutro mistério foi a conversa de Brian com Edward Mora. O Senador demonstrou ser um cara muito misterioso e inteligente. Sem sombra de dúvidas sabe muito mais sobre o NZT do que todas as outras pessoas e aquela conversa que teve com Brian me deixou super intrigado. Qual será o objetivo daquilo tudo? Como vai ser a relação entre os dois? O que ele realmente está esperando de Brian e quer do rapaz? Foram as perguntas que já ficaram rondando minha mente.

Então só posso afirmar que Limitless realmente deixou uma ótima primeira impressão. Esse primeiro episódio foi excelente e a série já se tornou a primeira estreante a entrar oficialmente na minha grade (risos). Vou torcer muito para que os episódios seguintes sejam tão bons quanto esse, sem contar ainda que a audiência da estreia foi ótima!

Anúncios