Primeiras Impressões: Code Black (1×01 – Pilot)

Code-Black-1x01Como faz mesmo pra fazer o dia ter pelo menos umas quarenta horas?

A tentativa de não me apegar a muitas séries novas está cada vez mais complicada e aqui estou eu, pra falar de Code Black que me conquistou desde o momento em que assisti ao vídeo promocional liberado pela CBS alguns meses atrás e já afirmar que sem sombra de dúvidas irei acompanhar a série.

Mais um drama médico gente, mais daquele estilo que me conquista desde o primeiro e sempre me deixa destruído com seus episódios. Pra ajudar um elenco excelente, com nomes como Marcia Gay Harden, Luis Guzmán e mais algumas maravilhas que dá até gosto de assistir.

A série traz quatro jovens médicos que entraram para a equipe do Pronto Socorro de um hospital de Los Angeles. Acontece que não se trata apenas de um hospital normal, mas sim um local que recebe um número extremamente grande de pacientes, onde a emergência entra em “Code Black” inúmeras vezes durante o ano. Dra. Leanne Rorish (Harden) é a diretora do PS, já Jesse Sallander (Guzmán) é seu braço direito e enfermeiro responsável pelos novos residentes.

Code-Black-1x01-aEntre os novatos, temos Dra. Christa Lorenson (Bonnie Somerville), Dra. Malaya Pineda (Melanie Kannokada), Dr. Mario Savetti (Benjamin Hollingsworth) e Dr. Argus Leighton (Harry M. Ford), que logo de início percebem o tamanho da responsabilidade que acabaram de assumir entrando para aquela equipe. Christa tem ainda uma história complicada envolvendo seu passado, já que perdeu seu filho para um câncer e após isso resolveu se tornar médica para ajudar outras pessoas, então já da pra ter uma noção de que a personagem será um dos destaques.

Esse primeiro episódio pra mim foi excelente. Os primeiros minutos foram mais devagar, porém bastou a agitação tomar conta daquele hospital pra me sentir com a cabeça estourada no meio de tanta correria. Foi uma coisa linda de se ver, aquele povo correndo para todo lado, mais pacientes chegando, muito sangue, gritaria e até mesmo um parto feito pela nova residente dentro da ambulância no meio do trânsito. Tipo, deu pra recuperar o fôlego?

Deu pra perceber que vão pegar firme nos casos médicos, o que eu adorei, porque sempre vem com aquela dose emocional nada pequena. Já nesse piloto me senti destruído na maior parte deles, totalmente desidratado quando o episódio terminou. Fiquei curioso pra conhecer um pouco mais de cada personagem, não sei como será a evolução da série de agora pra frente, mas tem tudo pra ser ótima.

Code-Black-1x01-bPelo menos a audiência da estreia foi bem sólida e vou torcer pra subir um pouco nas próximas semanas, até porque essa não é a primeira tentativa da CBS em trazer uma série médica que agrade o público, então todo mundo torcendo pra que Code Black caia no gosto de todo mundo, porque se for pra julgar por esse episódio, tem tudo pra ser excelente.

Anúncios