The X Factor UK – 12×17/18 – Top 11

XFactor-UK-12e18Apenas queria deixar exposto meu enorme descontentamento com o programa nessa semana.

Segunda semana dos livez shows, com duas eliminações que pra mim foram as mais injustas da história do programa. Lembro da temporada em que fiquei destruído com Ella Henderson sendo eliminada injustamente, mas pra ser bem sincero, dessa vez o show se superou. Enfim, vamos aos comentários.

4th Impact – “Sound Of The Underground/The Clapping Song”

As gurias são de longe uma das melhores coisas da temporada, desde as audições vem surpreendendo com performances excelentes, mas nessa semana não funcionou muito bem. Eu, particularmente, achei que foi tudo muito bagunçado.

Mason Noise – “Teardrops”

Sim, eu tinha gostado do live dele na semana anterior, mas dessa vez ele voltou no maior estilo 6CC e pra mim a performance foi sofrível.

Anton Stephans – “All About That Bass / Bang Bang”

Sabe aquela performance pra você passar o resto do episódio rindo? Então. O pior é que eu gostei, um absurdo ainda maior. Anton transformou duas músicas super conhecidas em algo bizarro ao extremo, a galera toda foi a loucura, mas o rapaz acabou massacrado pelos jurados.

Kiera Weathers – “Return Of The Mack”

Claro que foi muito melhor que na semana passada e bom o suficiente pra manter a guria no show por mais uma semana, mas pra mim não foi aquela mesma Kiera que eu conheci e torço para chegar na final. O maior problema tem sido as song choices.

Ché Chesterman – “You Can’t Hurry Love”

CARALEO, o rapaz foi sensacional, apenas isso! Que voz maravilhosa! Que performance maravilhosa! Esse nunca cansa de me surpreender e é exatamente esse tipo de música que espero dele.

Louisa Johnson – “Billie Jean”

Mais uma para o grupo dos melhores da noite. Louisa pegou uma música mega conhecida e cantou de uma forma pra ninguém colocar defeito. Colocou seu estilo, a performance ficou excelente, até porque com aquela voz toda não poderia ter sido diferente. Maravilhosa!

Seann Miley Moore – “California Dreamin’”

Outra que também gostei muito! Acho que a música combina perfeitamente com Seann e o cara não decepcionou com aquela voz sensacional. Achei que ele cantou com vontade e novamente teve um grande momento.

Monica Michael – “Crazy In Love”

Não rolou, amo Monica de paixão, mas foi uma música completamente errada pra ela. Sem contar que o nervosismo estava tomando conta, algo que até então ela não tinha deixado transparecer.

Max Stone – “Somewhere Over The Rainbow/What A Wonderful World”

Esse é o Max que eu gosto. Vamos esquecer o absurdo que foi aquela versão reggae de “Someone Like You” e lembrar apenas dessa performance deliciosa, porque foi realmente isso. A voz dele estava ótima e a song choice foi corretíssima!

Reggie ‘n’ Bollie – “What Makes You Beautiful/Cheerleader”

A surpresa da noite, porque eu estava aqui, esperando por mais uma bizarrice quando a dupla surpreendeu com uma ótima performance. Mandaram super bem, cantaram, dançaram e colocaram todo mundo em pé pra dançar junto. Continuam sem a minha torcida, mas aposto que vão se manter firme na competição por mais algumas semanas.

Lauren Murray – “Hold Back The River”

Maravilhosa! Sim, já deixei claro os pontos de Lauren que me irritam absurdamente, mas nessa semana ela veio com uma performance tão limpa e maravilhosa que ficou impossível não me apaixonar. Song choice perfeita pra ela e aquela voz gente, como pode cantar tão linda desse jeito? Foi de longe uma das melhores da noite.

BOTTOM

Mason Noise – “End Of The Road”

Sim, foi definitivamente melhor que a performance de sábado, aliás, ele deveria ter cantado essa música no live, assim talvez não teria parado no bottom.

Seann Miley Moore – “A Song For You”

Já começo dizendo que Seann estar no bottom é uma injustiça das grandes. Isso ficou ainda mais claro depois dessa performance, porque o cara foi SENSACIONAL!

ELIMINAÇÃO

Kiera ter sido a menos votada e sair automaticamente da competição. Fiquei tipo assim: “Só podem estar de brincadeira com a minha cara”. Sem entender o que aconteceu, foi injusto e absurdo, outros candidatos cantaram pior na noite de sábado e deveria ter ficado no bottom. Aí quando penso que a decepção da noite já tinha terminado, vejo Rita ser uma enorme bitch e jogar a bola pro Nick, que foi um burro idiota e mandou a votação pro deadlock. INJUSTIÇA! Já bastava Kiera ser eliminada, Seann também foi. Quem imaginava uma dessa? Eram dois candidatos que eu imaginava perfeitamente na final, então pra mim foi a maior injustiça da história do programa. Me nego a aceitar!

FLEUR EAST – SAX

Claro que eu não iria deixar de comentar a respeito da performance ESPETACULAR de Fleur East com seu first single “Sax”. A vice campeã da temporada anterior voltou com tudo, apresentando essa música que é espetacularmente chiclete e me viciou desde a primeira ouvida. Foi pra deixar todo mundo ainda mais ansioso pelo álbum de estreia dela, que está cheio de promessas e claro, se as outras músicas forem tão boas quanto “Sax” vai ser sensacional!

Anúncios