Chicago Fire – 4×03 – I Walk Away

Chicago-Fire-4x03A intenção é derrubar o telespectador então?

Esse foi um ótimo episódio de Chicago Fire, com uma carga dramática pesada que serviu pra recuperar o fôlego depois do anterior que pra mim foi bem fraquinho.

Posso falar que to curtindo por demais esse Jimmy? O cadete ganhou um baita destaque nesse episódio, pra mostrar ainda mais que foi a adição perfeita na série. Achei que o irmão dele conseguia convencê-lo a pedir transferência, mas não custou pra ele perceber que ali na 51 tem tudo pra crescer muito, porque o próprio Casey está investindo pra caramba no novato.

Todas as chamadas desse episódio foram pesadas. Teve toda a equipe tento que voltar naquela rua onde problemática para salvar a vida de um homem, que por sinal me deixou aflito aqui, só de ver a perna dele naquela situação. Não sei se eu teria estômago pra conseguir seguir em frente numa situação daquela e Jimmy, de certa forma, foi de grande importância pra que tudo terminasse bem.

Ainda bem que a esposa da vítima percebeu que precisava tomar uma atitude depois de todos salvarem a vida de seu marido. Pelo menos acho que esse drama em torno do incêndio anterior que aconteceu na rua pode terminar, não por completo, mas pelo menos a 51 não será mais investigada a respeito. O único problema é que Boden desafiou entregando aqueles detalhes para a imprensa e pode sofrer as conseqüências por seus atos, ainda mais agora que ficou bem óbvio que os chefes de Dawson estão trabalhando com o cara suspeito.

Chicago-Fire-4x03-aA outra chamada envolveu o resgate de uma família presa dentro de um elevador e sério, fiquei meio tonto aqui só de imaginar a altura. Casey e todo o pessoal foram espetaculares salvando os três daquela maneira. Se arriscaram absurdamente, mas no final do dia tudo terminou bem e essa foi literalmente a deixa para Jimmy perceber que a 51 é o melhor lugar pra ele nesse momento.

Bratt e o plot do bebê estava indo longe demais, porém era exatamente pra chegar nesse episódio, onde a história ganharia o melhor desfecho possível. Como não se emocionar com a cena do pai lá no hospital? E tudo isso aconteceu graças a insistência da paramédica, que não sossegou até encontrar o pai da criança e dar aquele puxão de orelha nele. Aliás, Boden e o tal médico do Chicago Med também tem uma parcela de responsabilidade, mas que Brett conseguiu me derrubar isso com toda certeza.

Agora só não me diga que o senhor Dick está cogitando a ideia de Gabby perder o bebê? Espero sinceramente que aquelas dores que ela sentiu no final do episódio tenham sido apenas um alarme falso, porque gente, vai ser a maior sacanagem ele fazer uma dessa justamente nesse momento em que as coisas estão tão bem.

PS: Aquela namoradinha do Severide estava muito boa e suspeita. Nesse episódio foi a maior bitch se aproveitando da situação pra conseguir um cliente grande. Torcendo muito pra acabar se ferrando mais a frente.

Anúncios