Primeiras Impressões: Chicago Med 1×01 (Derailed)

Chicago-Med-1x01E como era de se esperar, Dick Wolf acertou mais uma vez!

A série era de longe uma das mais aguardadas pelo público, ainda mais pra quem já acompanha Chicago PD e Chicago Fire, o que definitivamente é o meu caso. A demora para a estreia valeu completamente a pena, porque o piloto da série não poderia ter sido melhor.

Pra quem não sabe, Chicago Med é a mais nova adição a franquia das Chicago’s e vai mostrar o dia-a-dia do Chicago Medical Center, o tumultuado hospital da cidade. A série está prometendo trazer uma enorme carga dramática, com grandes casos médicos, além de claro, aqueles crossovers maravilhosos que já acontecem entre as duas outras séries.

Preciso comentar sobre quanto o elenco da série foi bem escolhido. Já nesse primeiro episódio, foi impossível deixar de gostar de alguém. Cada personagem ganhou um pouco de espaço, sem contar que a química por um todo da equipe está maravilhosa. Temos Colin Donnel (Jimmy de Arrow) interpretando o ótimo Dr. Rhodes, Yaya da Costa como a enfermeira April, Nick Gehlfuss como Will Halstead, que já conhecíamos desde Chicago PD, além de claro, Oliver Platt (The Big C) como o Dr. Charles e Torrey Devitto como Dra. Natalie.

Chicago-Med-1x01-aO episódio da começa com tudo, mostrando um acidente envolvendo o metrô, onde o Dr. Rhodes estava em um dos vagões. Ali mesmo médico já prestou os primeiros socorros e logo em seguida, antes mesmo a inauguração terminar o centro de emergência de Chicago Medical Center estava lotada, recebendo todas as vítimas do acidente. O bacana é que todos os casos estavam interligados e a maneira com que cada médico se portou foi coisa linda de se ver.

Os casos principais envolviam a jovem com traumatismo craniano que era barriga de aluguel de outro casal. Foi um caso bastante complicado e tenso, já que o casal tinha o poder de impedir que a mesma passasse por uma cirurgia que impediria sua morte. Por um momento pensei que eles realmente não fossem ceder, mas isso aconteceu graças a intervenção da maravilhosa Dra. Sharon, chefe do hospital.

Teve também o rapaz que teve morte cerebral e de certa forma acabou totalmente ligado a outro paciente próximo do Dr. Charles. A maneira como desenvolveram o caso foi ótima, mostrando a namorada que não teve a chance de aceitar o pedido de casamento, até o momento em que tiveram que tentar fazer com que ela mudasse de ideia a respeito do transplante de órgãos que acabaria salvando muitas outras vidas, inclusive do amigo de Charles. Esse foi o momento em que não deu pra segurar a emoção, ainda mais com aqueles ótimos diálogos entre o Dr. Charles e o Dr. Rhodes.

Chicago-Med-1x01-bOutra personagem que já me ganhou desde o primeiro momento foi Dra. Natalie. Deu pra perceber que ela vai receber bastante destaque na série, já que essa história da gravidez e da perda do marido sempre rende um bom drama. Como não se emocionar com ela olhando a foto do parceiro colada no armário do hospital? Se souberem trabalhar bem esse plot, tem tudo pra ser uma das melhores coisas da série.

A primeira impressão foi realmente excelente! Eu já estava na certeza que iria gostar da série, mas meu nível de satisfação foi ainda maior, porque realmente gostei de tudo. Ambiente bacana, elenco maravilhoso, tudo muito bem encaixado. Já quero o segundo episódio!

Anúncios