Homeland e sua ótima 5ª temporada!

Homeland-Season-5Sim, eu estava com saudades da Crazy Carrie e olha, ela destruiu tudo novamente!

Homeland é uma das minhas preferidas e como sempre espero toda a temporada terminar pra assistir de uma vez só, até porque não consigo esperar longos sete dias até o próximo episódio, simples assim. Estava curioso pra saber o que iriam fazer com a série nesse quinto ano já que anunciaram que seria uma temporada cheia de mudanças e olha, a espera valeu a pena porque foi realmente ótima.

Confesso que fiquei um pouco perdido no começo e totalmente sem entender aquela season premiere. Vimos uma Carrie completamente diferente, longe da CIA, vivendo em Berlim numa vida completamente nova, com direito a um companheiro e sua filha. Sim, aquela Carrie que na temporada anterior não recebeu o prêmio de mãe do ano mudou e pra melhor.

Mas foi só aquele hacker conseguir documentos confidenciais da CIA para as coisas começarem a ficar completamente agitadas. O novo emprego de Carrie, que trabalhava como chefe de segurança da fundação comandada por Otto Düring não demorou para trazer toda aquela paranoia de volta, com direito até a tentativa de assassinato contra nossa loirinha preferida.

Não demorou para Carrie descobrir que na verdade ela era o alvo do atentado e não Otto como tinha previsto. E isso foi o suficiente para deixar a loira um tanto quanto descontrolada e dar início aquela longa caçada as pessoas que estavam tentando lhe matar. Isso resultou num retrocesso em sua vida, com ela mandando a filha embora novamente, com o objetivo de protege-la contra essas pessoas e custou também seu relacionamento com Jonas.

Homeland-Season-5-aFoi em “Super Powers” que ela conta para Jonas que parou de tomar sua medicação e explica quais as consequências que isso lhe traria. Não demorou até termos de volta aquela Carrie descontrolada, com os olhos arregalados e completamente paranoica. Depois disso tinha certeza que a mesma Carrie de antes estava de volta, mas Jonas tentou e acabou não conseguindo segurar o rojão.

Nesse ponto também já tínhamos conhecido a nova fase do Quinn, que nessa temporada foi a pessoa mais azarada do mundo. No começo vimos que o cara tinha se transformado num assassino profissional que só esperava o nome do próximo alvo ser colocado numa caixa para seguir com as ordens, mas isso mudou quando o nome de Carrie surgiu na caixa e isso fez com que ele tentasse a todo custo impedir que a loira acabasse sendo morta.

Já pode começar a falar a respeito da Allison? A personagem foi um dos destaques desse quinto ano e com certeza a maior bitch de todas. Desde o começo comecei a suspeitar dela, mas não esperei que fosse ruim naquele ponto. Literalmente foi uma das infiltrações mais bem sucedidas dentro da CIA, já que ela estava passando informações para a Russia fazia muitos anos e as coisas ficaram bastante intensas, principalmente depois da explosão daquele avião que poderia causar um conflito absurdo entre os governos.

Durante boa parte da temporada Saul e Carrie continuaram em rumos separados, já que a relação entre os dois estava bastante abalada. Mas não demorou para Saul finalmente perceber que estava fazendo o babacão e passar a ouvir a pessoa de quem nunca deveria ter se afastado. Ele aceitou entregar os documentos para Carrie, mesmo que isso fosse custar sua liberdade e reputação dentro da CIA, mas nesse ponto já estava na certeza de que algo estava completamente errado.

Homeland-Season-5-bAquele episódio em que passam a espionar Allison após descobrir que ela poderia ser a grande traidora dentro da CIA foi um dos meus preferidos. Toda a perseguição foi muito bem organizada, com direito a Saul percebendo ainda mais o quanto foi usado pela mulher e mesmo com tanta experiência e inteligência, se deixou cair num golpe tão absurdo. O pior foi Allison se mostrando mais inteligente do que todo mundo esperava e conseguindo dar uma bela contornada em toda a situação.

Foi depois desse ponto que a temporada apresentou aquele plot que se arrastaria até o final e renderia outra ótima sequência de episódios. Quinn estava mais do que ferrado, foi parar nas mãos de terroristas perigosos e usado como cobaia na utilização do gás que faria parte do ataque em Berlim. Eu lembro que antes de começar a temporada vi uma foto do personagem no hospital, então fiquei com a ideia de que não morreria dentro daquela câmara, mas gente, que agonia de cena foi aquela? Quase morri.

Nesse meio tempo Allison recebeu uma nova missão, onde teria que encontrar uma forma de impedir o governo e deixar que o ataque acontecesse. Conhecemos um pouco do passado da mulher, quando ela estava em Bagdá, o momento em que conheceu Carrie e também como acabou sendo recrutada pelos Russos para se tornar uma espiã dentro da CIA. Allison pra mim é uma das mais bitchs que a série já teve, porque olha, a mulher conseguir mentir muito bem durante muito tempo.

Já a sequência do ataque terrorista foi um dos momentos da série que mais fiquei maluco e quase morrendo de tanta apreensão. Não dava pra saber o que iria acontecer, porque os terroristas estavam muito a frente e Allison tinha conseguido despistar totalmente o foco da polícia em encontrar o local onde o ataque iria acontecer. Só restava mesmo Carrie e foi exatamente como as coisas acabaram sendo resolvidas.

Homeland-Season-5-cCarrie se jogando naqueles trilhos do metrô foi muita loucura. A mulher não cogitou nem por um momento que poderia acabar morta caso o ataque acontecesse, mas no final das contas conseguiu convencer o rapaz, que já estava com dúvidas sobre a continuação do ataque. Na verdade foi o jovem que acabou impedindo o primo de liberar o gás, mas se não fosse por Carrie, com certeza muitas pessoas teriam morrido.

Eu pensei que depois disso Allison realmente fosse acabar conseguindo fugir, mas felizmente estava enganado. Aplaudi em pé aquela ação que Saul montou que resultou na morte da mulher. Depois de tudo que fez, ela mereceu demais morrer daquela maneira, se bem que ainda acho que merecia ter sido presa e sofrer um pouco mais antes de acabar morta.

Agora alguém me explica aquele final? Ainda estou aqui, sem entender direito aquela última sequência de cenas. O que vai acontecer com Quinn? Aquela luz? Fiquei totalmente perdido. Carrie lendo a carta que ele deixou me destruiu aqui. Ficou também aquela pergunta que Otto fez para Carrie, desde o começo fiquei com a impressão de que ele tinha outras intenções e isso foi pra deixar tudo ainda mais claro.

Não sei o que teremos na próxima temporada, mas pra ser bem sincero estou apostando que Carrie vai acabar aceitando a proposta de Saul sobre voltar a trabalhar. No geral achei que a temporada foi excelente e mais uma vez Claire Danes deu um show de interpretação.

Anúncios