Second Chance 1×05 – Scratch That Glitch

Second-Choice-1x05E a sequência de bons episódios continua!

Novamente Second Chance me impressionou bastante com a qualidade do episódio. Continuo falando que gostaria muito que a série tivesse agradado o público e a audiência não tivesse despencado tanto, mas pelo menos vou continuar torcendo para os episódios seguintes serem tão bons quanto esse, pois tudo indica que teremos apenas uma temporada e se for de qualidade está valendo.

Dessa vez tivemos a revelação da doença de Mary que depois de todo esse tempo sendo mantida em segredo, acabou sendo divulgada para o público de uma maneira nada sensível. Tudo isso num momento importante da empresa, onde a nova versão do sistema seria lançada na tentativa de fazer com que as ações parassem de cair.

Quando Mary estava participando de uma entrevista a bomba simplesmente caiu em sua cabeça, com ela sendo interrompida e questionada sobre a doença. Bastou essa revelação para a jovem ver sua vida virando de cabeça para baixo, já que no caminho de volta para casa ainda teve que lidar com uma tentativa de assassinato. Foi pura tensão, pensei que o carro iria acabar capotando no meio daquela pista, mas felizmente nada grave acabou acontecendo.

Não demorou até que descobrissem que aquilo tudo não tinha sido apenas uma perseguição de paparazzi, mas sim que alguém estava tentando matar Mary sem poupar esforços. Com isso vimos Duval, Pritchard e até mesmo Otto tentarem encontrar uma maneira de proteger Mary, mesmo com ela nenhum pouco disposta a evitar sair em público e muito menos cancelar seus compromissos para divulgar a grande novidade da empresa.

Second-Choice-1x05-aA sequência da apresentação foi bastante complicada. Fiquei comemorando quando Otto assumiu o lugar de Mary e disse que iria apresentar o produto, porém os problemas do rapaz fizeram com que ele travasse na frente de todo mundo e Mary acabou tendo que aparecer. Pelo menos todo aquele susto fez com que Duval e o restante finalmente identificasse o verdadeiro indivíduo que estava tentando matar Mary e isso ainda rendeu outros ótimos momentos.

Tudo bem que alguns detalhes durante aquela caçada no meio do mato pareceram um pouco forçados demais, mesmo assim achei ótimo toda a sequência, com Duval e Pritchard novamente trabalhando juntos e claro, Mary fazendo a durona e não se deixando intimidar pelo seu ex-funcionário que queria sua morte. Felizmente tudo acabou bem!

O último momento do episódio também foi muito bom! Impossível não se emocionar um pouco com aquela cena em que Otto vai contar a Mary que as transfusões de sangue que tem recebido de Pritchard estão surtindo efeito positivo. Depois de um dia complicado, era exatamente a notícia que todos precisavam pra seguir em frente!

Anúncios