Code Black 1×17 – Love Hurts

Code-1x17Quem foi que disse que não rola um casamento de zumbis dentro do Angels Memorial?

Penúltimo episódio da temporada, com direito a aflição devido a possibilidade da série ser cancelada. “Love Hurts” pegou leve, trazendo novos casos médicos e não deixando assim ganchos explosivos para o último episódio, ainda assim a série novamente conseguiu atacar meu ponto fraco nos minutos finais e ficou aquele tanto difícil de não se emocionar.

Foram vários casos aleatórios, como já vimos nos episódios anteriores. Todo mundo dividido, tentando fazer o máximo para salvar vidas, mas tiveram aqueles que se destacaram, como o do jovem que veio apresentando fratura no braço e sinais de desidratação e abuso potencialmente sofridos dentro de um acampamento. Christa e Grace ficaram com o caso e quando todos pensávamos que aquele treinador era a pior pessoa do mundo e merecia sair dali e ir direto pra prisão, Grace nota que na verdade o jovem estava fingindo as convulsões e descobriram que foi tudo armação para conseguir fugir do acampamento.

Muito bacana a maneira que desenvolveram o caso, porque além de todas as complicações com o paciente ainda teve Christa e Grace trabalhando juntas pela primeira vez e já apresentando aqueles sinais de incômodo, principalmente por parte da Christa que já está sabendo do envolvimento da médica com Neal. Espero sinceramente que isso não se torne um foco, porque o hospital tem espaço para as duas e está bem nítido que Neal não tem mais interesse em Grace.

Code-1x17-aQuanto a Angus, tudo bem que ele passou por um trauma complicado no dia do ataque, mas quer dizer que a saída dele foi começar a se auto medicar? Achei bem irresponsável essa atitude e já estou imaginando as consequências. O primeiro dia foi uma maravilha, com o cara conseguindo literalmente fazer milagres na emergência, mas até quando ele vai conseguir se dar tão bem e não acabar matando um paciente?

Eu que pensei que Leanne como diretora da emergência não fosse funcionar me enganei legal. Pelo menos não afastaram totalmente a médica dos pacientes e isso é exatamente o que está ajudando. Gostei dela tendo aqueles diálogos com o outro superior que queria dar prioridade a uma paciente VIP. Como o próprio “Mama” disse, eles precisam de alguém do time deles para ocupar aquele lugar.

Agora o caso da família zumbi definitivamente vai o mais marcante do episódio. Já tinha sido complicado por envolver aquele garotinho machucado, mas todo o drama familiar envolvendo a madrasta foi o que me pegou. O final foi excelente, com direito a um casamento dentro do próprio hospital, que por sinal rendeu um momento bastante emocionante.

Sobre o último episódio, realmente não sei o que esperar. Estou suspeitando que talvez Angus seja um dos focos no final da temporada, mas estou na expectativa de me surpreender bastante.

PS:

Anúncios