Second Chance 1×06 – Palimpsest

Second-Chance-1x06O episódio com aquele caso semanal um tanto quanto bizarro.

A temporada da série segue muito bem, mas as chances de cancelamento aumentam a cada dia e já estou até me preparando psicologicamente para dizer adeus a Mary, Pritchard, Duval e Otto.

Sobre esse episódio, novamente gostei bastante, embora tenha achado esse caso semanal envolvendo os “monstros” bastante bizarro. Já começa com aquela jovem acordando num local estranho, cheio de aparelhos cirúrgicos em sua volta. Depois aparece uma pessoa com o rosto completamente modificado e cheio de piercings. Já levei um susto aqui só de olhar pro rosto daquele indivíduo esquisito e olha, foi só o começo.

A vítima acabou conseguindo fugir, mas quando contou sobre o que aconteceu para a polícia simplesmente foi tachada como uma drogada que estava alucinando coisas absurdas. Ainda bem que Pritchard apareceu, já que ele foi a única pessoa que acreditou na coitada e daí pra frente passou a tentar ajudá-la a identificar os ‘monstros’ que lhe atacaram.

Só fiquei com dúvida em relação ao motivo do Pritchard estar em campo atendendo o chamado. Até onde sei, o cara é um agente do FBI que trabalha com casos grandes e de início esse não chegou nem perto daquilo que ele está acostumado. Tirando esse pequeno detalhe, foi interessante ver como a história toda se desenvolveu.

Second-Chance-1x06-aPelo menos conseguiram identificar e pegar o tal responsável pelas transformações corporais, que na verdade era um cara completamente maluco. Ele tinha conseguido pegar a jovem mais uma vez e estava colocando sua ideia sem noção em prática, tatuando azas no abdômen da mulher, mas Pritchard, com a ajuda de Otto conseguiu chegar a tempo de impedi-lo.

Rolou um momento revolta do Otto durante o episódio. O cara simplesmente se recusou a ajudar no caso, afirmando não ser obrigado a contribuir com os casos do FBI em que Pritchard se envolve. Com isso ele e Mary acabaram tendo uma pequena desavença e acredito que foi a primeira de muitas outras que podem vir de agora pra frente.

E o que dizer sobre o tal Connor? Desde o episódio anterior eu fiquei meio com o pé atrás sobre esse cara e dessa vez minhas suspeitas só se confirmaram. O objetivo dele é conseguir roubar o trabalho de Otto e deu pra entender que dormir com Mary é apenas o meio que ele encontrou para fazê-lo. A surpresa foi a descoberta de que ele está recebendo ajuda da assistente de Mary, aquela jovem que até então parecia ser bem ingênua. Já quero ver Mary descobrindo sobre o plano e dando um verdadeiro basta nos dois.

Anúncios