The Night Of – outra maravilha da HBO!

the-night-of-s1Com apenas oito episódios, The Night Of consegue entregar uma temporada de grande qualidade.

Confesso que quando li a respeito da série não dei muita atenção e fui parar mesmo pra conferir só depois de todo o barulho positivo que acabou rolando na internet. Sem ao menos assistir, taxei a série como mais uma produção policial e imaginei que não iria gostar do resultado. Belo engano, pois bastou o episódio piloto pra me sentir preso naquele mistério e querer devorar cada pedaço pra descobrir como seria o desfecho da história.

Criada por Richard Price e Steven Zaillian, The Night Of apresenta Nasir Khan (Riz Ahmed), um jovem de família muçulmana que decide aproveitar sua juventude e numa determinada noite pega sem permissão, o taxi do pai para curtir uma noitada com amigos em uma festa. No meio do caminho Naz acaba conhecendo Andrea (Sofia Black-D’Elia), uma jovem que entrou no taxi em busca de uma corrida e acabou chamando a atenção dele por sua beleza. Com isso vimos Naz cometer uma sequência de erros ao lado de Andrea, até que depois de uma noite de sexo selvagem, ele acorda e encontra a jovem morta com 22 facadas e num momento de pânico pega a arma do crime e tenta fugir, porém acaba se complicando ainda mais e é pego pela polícia, dando início a um verdadeiro drama de injustiças.

Foi impossível não se sentir preso na série já nesse primeiro episódio. A agilidade como as coisas aconteceram e a forma como Naz passou de um jovem universitário para o único suspeito de um brutal assassinato impressiona absurdamente e isso continua a cada episódio. John Stone (John Turturro) é literalmente um advogado de porta de cadeia, que tem a sorte de estar na delegacia no exato momento em que Naz acaba sendo preso e enxerga algo diferente no jovem e acaba se tornando o advogado de defesa.

the-night-of-aO personagem de John é absolutamente espetacular. Impossível não ficar impressionado com a maneira que ele lida com toda a situação, já que a série faz um verdadeiro mix de sua vida pessoal com profissional. John acaba sendo afastado do caso de Naz, mas não demora até retornar e passar a trabalhar junto de Chandra, uma jovem advogada que deixa se levar pelo emocional e acaba se ligando exageradamente a Naz.

A série tenta mostrar a injustiça da indústria penal que assusta não apenas os Estados Unidos, mas outras nações, como o próprio Brasil. Assistimos a busca de apenas um culpado, sem parar para analisar outras possibilidades no meio de tanto mistério. Do começo ao fim vimos a promotoria apontar o dedo para Naz, mesmo com outras possibilidades surgindo no meio do caminho.

Atrelado a isso, ainda acompanhamos o horror que é uma vida dentro da cadeia. Já que Naz teve literalmente sua vida virada de cabeça para baixo, passando de universitário para um assassino, onde as evidências eram apenas circunstanciais. Vimos Naz passar pela cadeia, seguir para o tribunal e de lá para uma penitenciária. Lá conseguiu se juntar a outro preso, que lhe ofereceu proteção, mas assistimos de perto a enorme e rápida transformação completa que uma pessoa passa dentro de um lugar como aquele.

the-night-of-s1-aAté o final da série passamos a conhecer um Naz completamente diferente, tanto fisicamente como psicologicamente. O julgamento acontece da pior maneira possível deixando claro o tamanho da injustiça que acontece por ali. Felizmente o desfecho é feliz, se é que podemos chama-lo dessa forma. Com a indecisão por parte do júri, a acusação acaba desistindo do processo e Naz acaba livre, mas ao voltar pra casa tem ainda mais certeza do quanto sua vida mudou e jamais irá voltar a ser como antes. O jovem terá que viver com uma trama sem tamanho, sem contar ainda todas as consequências que a vida na prisão lhe trouxe, com o vídeo em drogas.

The Night Of consegue ao longo de seus oito episódios, cumprir maravilhosamente seu papel. Entregam um começo, meio e excelente fim para uma história que te suga e faz parar pra pensar e ficar completamente chocado com a realidade das coisas. A escolha de fazer uma minissérie foi perfeita, pois assim tivemos uma história completinha que particularmente, já faz parte do grupo de melhores do ano para mim.

Anúncios