This Is Us 1×06 – Career Days

this-is-us-1x06Mais uma vez um episódio cheio de diálogos maravilhosos!

Nem adianta porque eu nunca vou me cansar de elogiar essa série. Toda semana é outra maravilha de episódio de “Career Days” não foi nenhum pouco diferente. Li que muitos marcaram o episódio como o menos choroso até aqui, mas pra mim foi meio que o contrário, já que me derrubou em alguns momentos.

Um desses momentos está completamente relacionado com o plot do Kevin. Logo de início vimos a dificuldade do rapaz nesse novo trabalho e para ajudar de uma forma nada normal, Olivia simplesmente convida o parceiro pra um evento e não demora até ele descobrir que se tratava de um memorial. Sério gente, aquela mulher não bate muito bem das ideias, mas pode-se dizer que se a intenção era aflorar alguns sentimentos em Kevin, ela definitivamente teve sucesso.

Eles literalmente invadiram o memorial de um recém falecido e isso acabou rendendo uma das cenas que me deixou todo pra baixo aqui. Em um dos momentos, Kevin protagoniza um diálogo bem profundo com a viúva na cozinha, onde fala a respeito da perda do pai e fica um tanto quanto impossível não se emocionar junto. É o que eu estava comentando em outra resenha mais a pouco, imagina quando eles resolverem focar mesmo na morte do Jack? Não vai ter emocional forte o suficiente pra aguentar.

Kate também teve ótimos momentos mais uma vez. Nesse episódio Toby não marcou presença, mas vimos a personagem iniciando uma nova fase, ao começar um novo trabalho, que por sinal já veio com alguns desafios. Ela começou a trabalhar para uma mulher, mas não demorou para perceber que sua contratação tinha uma certa ligação com a filha dela, que por sinal também tem problemas com o peso. Isso tudo acabou rendendo algumas cenas muito boas, como Kate expulsando a garota do carro e depois falando algumas palavras que ela precisava ouvir.

this-is-us-1x06-aNesse meio tempo fomos apresentados a novas cenas da infância da Kate, onde os problemas com seu peso foram mostrados bastante. Eram coisinhas pequenas, como palavras ditas por seu pai sem nenhuma maldade, ou até mesmo nas etiquetas das roupas de sua mãe, onde ela comparava com o tamanho das suas e percebia a diferença. Com isso veio a descoberta de que atualmente Kate não tem uma relação muito amigável com a mãe e fiquei curioso pra descobrir como isso aconteceu.

Já Randall, novamente teve momentos maravilhosos. Muito bacana a maneira como trabalharam aquela ideia do dia das profissões na escola das filhas dele. Aliás, foi meio impossível não rir com toda a crise de meia idade que ele teve durante boa parte do episódio. Ele realmente pagou um micão ao subir naquele palco, mas de certa forma foi bonito de assistir.

Já Randall com Jack no passado foram de longe minhas cenas preferidas desse episódio. Logo na infância foi notado que o garoto era superdotado e com isso os professores incentivaram Jack e Rebecca a transferi-lo para uma escola diferenciada. Eu entendi aquele receio que Jack teve de início, mas todo o desenvolvimento da história aconteceu da melhor maneira possível, como por exemplo naquela cena onde aconteceu o diálogo entre pai e filho, com Randall dizendo que não queria ser diferente dos irmãos e tudo mais. Foi um momento lindo de assistir.

Só sei que foi mais um episódio em que cada núcleo teve seu momento lindo e definitivamente a série continua mexendo legal com meu emocional. Não estou preparado para descobrir como foi a morte do Jack e pra ser bem sincero torço pra que essa história demore um pouco para ser contada.

Anúncios