Designated Survivor – O restante da 1ª temporada.

Designated-SurvivorA série conseguiu fechar muito bem seu primeiro ano.

Sei que falhei com as resenhas de Designated Survivor por aqui, assim como com tantas outras, mas vale dizer que consegui colocar a série em dia e terminar essa ótima primeira temporada. Agora afirmo com todas as certezas, que mesmo com algumas derrapadas a estreante conseguiu montar um excelente primeiro ano e ainda me deixou bastante ansioso pela segunda temporada.

Aos poucos toda a conspiração que estava rolando dentro da Casa Branca foi sendo descoberta. Realmente exista um traidor ali dentro e não era ninguém que estava entre as minhas suspeitas. Ainda acho que muitos continuam escondendo coisas, mas em relação ao traidor que ajudou em todo o planejamento ao ataque do Capitólio, era alguém completamente avulso pra mim.

Nesse meio tempo ainda aconteceu o sequestro da Hannah, que justamente quando estava conseguindo chegar cada vez mais próxima dos bandidos, ela acabou sendo capturada e enfiada num navio, acorrentada e cercada de homens armados. Foi uma aflição grande ver Hannah passando por tudo aquilo, até porque embora tinha certeza que ela não fosse morrer, estava na dúvida sobre o que iriam fazer com ela.

Felizmente ela ficou bem e ainda por cima conseguiu impedir um novo ataque feito no prédio do FBI. Um tanto quanto insana aquela sequencia dela dirigindo a van que estava com a bomba prestes a detonar pela cidade, mas pelo menos ficou tudo bem. Agora, não podemos dizer o mesmo sobre Jason, já que ele realmente acabou sendo morto por Lozano enquanto seguia com as investigações. Pelo menos ele ainda conseguiu mandar informações importantes para Hannah antes de acabar morto, mas achei que foi uma perda grande para a série.

Designated-SurvivoraJá na Casa Branca as coisas ficaram ainda mais intensas após o tal jornalista ter publicado que o governo condenou a pessoa errada pelo ataque terrorista. Kirkman e sua equipe mantiveram o silêncio sobre as alegações, até que realmente tivessem informações suficientes para contar para o povo americano e isso acabou deixando as coisas bem complicadas por lá.

Ainda bem que lá nos minutos finais do último episódio, Ton finalmente diz que eles conseguiram estar um pouco a frente e tinham respostas concretas para dar ao povo americano. Foi coisa linda assistir ele discursando daquela forma, porque as pessoas realmente precisavam ouvir e descobrir o que tinha e estava acontecendo em seu país.

Infelizmente nem tudo são flores e a última cena mostrou que a visita de Lozano no Pentágono tinha como objetivo hackear o sistema do governo e com isso eles conseguiram acesso a uma quantidade absurda de dados secretos, então acredito que a guerra está bem longe de terminar e que a segunda temporada da série ainda está reservando grandes acontecimentos.

Anúncios