Grey’s Anatomy 12×18/12×19 – There’s a Fine, Fine Line/It’s Alright, Ma (I’m Only Bleeding)

Greys-Anatomy-12x19-aMiranda Bailey roubando a cena e me fazendo lembrar dos velhos tempos!

Confesso que particularmente achei um pouco desnecessário episódio duplo dessa vez, mas ainda assim gostei de toda a tensão que rolou em ambos episódios e principalmente de como Bailey roubou literalmente a cena e me fez lembrar da época quando ela era a rainha dessa série.

Mostrar um flash de quando Warren tomou a decisão de abrir aquele paciente da ala psiquiátrica foi muito bom, porque deu pra dar uma bela introdução para o que estava por vir logo a frente. Primeiro pensei que o caso da criança desaparecida, que resultou no código rosa com todas as portas do hospital trancadas fosse realmente o grande foco desse episódio duplo, mas aquilo foi resolvido bem rapidamente.

A situação principal estava totalmente ligada a Warren, já que o cara mais uma vez tomou uma decisão complicada e abriu um paciente no corredor do hospital, algo que na verdade não era uma decisão que cabia a ele tomar. Pra piorar ainda mais a situação, a mulher grávida morreu e o bebê também não resistiu e nesse meio tempo vimos o quanto aquilo tudo estava afetando Bailey.

Imagine-se na situação da mulher, sendo chefe e esposa do residente que cometeu um erro complicado que resultou na morte de duas pessoas. Eu não saberia como lidar e pra tomar alguma atitude, Bailey tentou entender cada detalhe que aconteceu, desde o momento em que a paciente chegou no hospital, até aquele em que acabou morta na mesa de cirurgia.

Greys-Anatomy-12x19Totalmente correta a atitude dela em pedir ajuda para Meredith, Owen e Pierce. Os três montando uma espécie de comitê para ouvir os envolvidos e depois passarem pra ela suas conclusões foi ótimo. Deu sim pra ficar com pena do Warren, porque realmente acredito que ele queria apenas salvar aquela mãe e o bebê, mas não foi a primeira vez que ele tomou uma atitude complicada e Bailey não poderia simplesmente deixar que ele se safasse novamente.

Ela ter punido o cara com seis meses de suspensão pode realmente ter sido pesado, mas como a própria disse, ainda rolou uma certa proteção, já que sua verdadeira vontade ela demiti-lo do programa. O problema é que isso tudo pode afetar muito o casamento dela, tomara que não, mas acho que vai ser um bastante difícil lidar com tudo aquilo.

O final do segundo episódio foi bem triste, mas trouxe algo de bom com o marido se recuperando milagrosamente daquela forma. Bailey literalmente salvou a vida do homem ao tomar a decisão de ressuscitar quando a mãe dele assinou os documentos para não o fazer. Ninguém estava esperando que ele fosse se recuperar, mas isso acabou acontecendo e Bailey ainda teve que contar sobre a morte de sua esposa e filho. Muito triste.

Agora me digam uma coisa, April e Jackson finalmente vão entrar num acordo e parar com essa briga toda? Tomara que sim. Nesse meio tempo parece que veremos o início de mais uma batalha, dessa vez entre Arizona e Callie. Bem sem sentido a ideia de Callie em ir embora com Penny, então acho que podemos esperar uma briga das grandes entre as duas disputando pra ver quem fica com a guarda da Sofia.

 

Anúncios