Chicago Fire 5×06 – That Day

chicago-fire-5x06Era pra ter sido um episódio normal, mas veio os minutos finais pra destruir qualquer pessoa.

Chicago Fire é mais uma que tem surpreendido nessa temporada. Esse episódio realmente era pra ter sido normal, com alguns casos interessantes e ainda um início que me fez dar boas risadas. Não esperava ver Sylvie batendo na porta do Antonio, entrando e simplesmente tirando o roupão na frente do cara só pra avisar que estava querendo dormir com ele. Meu, aquilo foi bom demais e olha, que corpo é esse em Sylvie? Maravilhosa!

Depois disso já tivemos o caso mais complicado do episódio, aquele em que Dawson acabou atropelando um pedestre enquanto ia atender um chamado e isso complicou demais sua vida. Como era de se esperar, o tal comandante superior tentou de tudo pra ferrar com a vida da paramédica e isso me deixou muito revoltado aqui.

Era óbvio que Dawson não teve culpa no acidente e isso ficou mais do que comprovado ao descobrirem que o idoso tinha problemas psicológicos e já havia tentado se matar outras vezes. Porém, antes disso rolou várias discussões, com Dawson sendo ameaça de um processo e ainda rolar pressão de vários lados. Sorte é que ela tem uma verdadeira família naquela equipe, porque todo mundo estava ali para lhe ajudar passar por isso da melhor maneira e foi exatamente o que aconteceu. Acredito que agora o filho vai desistir da ideia do processo, até porque ficou claro que seria um absurdo.

chicago-fire-5x06-aEu gostei bastante do desfecho que o incêndio do episódio anterior recebeu. No final das contas Casey realmente estava certo ao suspeitar do marido. A briga entre ele e Severide continuou por mais um tempo, mas quando foram analisar novamente a residência, o próprio Severide descobriu evidências indicando que o incêndio foi causado intencionalmente. O cara foi preso, obviamente, mas o melhor ficou com Casey e Severide fazendo as pazes.

Agora minha gente, o que foram aqueles minutos finais do episódio? Boden tascou um monólogo na minha cara que foi de destruir. Toda aquela história dele ter participado do 11 de setembro, trabalhando como bombeiro naquele dia e tudo mais foi muito emocionante. Ele acabou sim indo para Nova York e lá contou histórias que foram difíceis de não se emocionar junto. Foi pra fechar o episódio da melhor maneira possível e deixar ainda mais claro que Boden é o dono da série.

PS: O que foi Herrmann gritando com o Comandante? Sensacional gente!

PS: E o enteado do Boden? Ainda acho que vai rolar algo mais sério a respeito do rapaz.

Anúncios