The Voice US – 10×01/02 – Blind Auditions

The-Voice-10x01Semana de estreia da décima temporada do programa e com direito ao retorno da maravilhosa Xtina na bancada!

Vem que essa estreia foi linda, com direito a duas noites de ótimas blind auditions, aqueles mentores numa sintonia maravilhosa e claro, Xtina roubando a cena, principalmente na noite de terça-feira!

PRIMEIRO DIA

Paxton Ingram – “Dancing On My Own”

Desde a primeira vez que ouvi essa música (na audição do Calum Scott pro Britan’s Got Talent) ela não sai mais da minha playlist! Acho maravilhosa demais e Paxton já iniciou a temporada da melhor maneira. Adorei a voz do cara e também a versão deliciosa que fez pra música!

Caity Peters – “Jealous”

É mais uma música maravilhosa e Caity fez jus com sua blind excelente!

Nick Hagelin – “Lost Stars”

Fiquei aqui gritando pro Adam virar também, por motivos de que esse carinha no time dele ficaria muito bacana. Uma pena que ele foi o único mentor que não apertou o botão, mas quem sabe não rola um steal mais a frente né? Rolaram sim algumas desafinadas no meio da música, mesmo assim gostei por demais do Nick!

Maddie Poppe – “Dog Days Are Over”

Eu estava torcendo demais pela Maddie quando notei que ela cantaria essa música maravilhosa da Florence. Uma pena que não rolou e ela deixou o nervosismo tomar conta de toda a blind. A música é gigante e talvez grande demais pra ela, mas deu pra notar que a guria tem uma voz bacana e potencial, então vou torcer pra que volte na próxima temporada.

Mary Sarah – “Where The Boys Are”

Mais uma blind deliciosa de assistir! Impossível não gostar da Mary logo de cara e ficar torcendo pra alguém virar logo pra ela. Tenho certeza que vai se dar muito bem na competição.

Mike Schiavo – “Talking Body”

O cara foi lá e já fez uma versão deliciosa dessa música que tanto gosto, já foi um tiro. Depois ainda terminou fazendo um dueto com Adam Levine, cantando simplesmente “She Will Be Loved”, a MELHOR MÚSICA do Maroon 5! Precisa de mais alguma coisa?

Queen Sessi – “Show Me Love”

Não. Próximo por favor.

Brian Bautista – “The Hills”

Definitivamente foi melhor que aquele desastre da temporada passada quando o cara tentou passar cantando a música do Bruno Mars. Percebe-se que o Brian deu uma boa evoluída e mesmo não acreditando que vá longe, fiquei feliz por ele ter passado.

Abby Celso – “Should’ve Been Us”

Como que não rolou as quatro cadeiras viradas pra Abby? Ela pode ter começado bem devagar, mas foi crescendo com a música e me ganhou demais!

John Gilman – “Don’t Be Cruel”

O cara não cantou mal, tem uma voz bacana, mas não faz meu estilo.

Alisan Porter – “Blue Bayou”

Alisan, por favor vem cá me dar um abraço? Que blind maravilhosa gente! Toda a história de superação me deixou choroso aqui e depois ela veio e simplesmente destruiu com a performance! Que vozeirão maravilhoso e que química ótima entre ela e a Xtina!

SEGUNDO DIA

Joe Vivona – “Dreaming with a Broken Heart”

Segunda noite também começando com uma música que adoro demais! Joe tem toda uma vide James Morrison/John Mayer e por isso ficou impossível não curtir por demais a blind do cara. Me deixou com vontade de mais!

Shalyah Fearing – “What Is Love”

Shalyah lindona cantando essa música deliciosa! Gostei demais e acho que ela não mostrou nem metade do seu potencial!

Adam Wakefield – “Tennessee Whiskey”

Só fiquei meio na dúvida se o cara vai longe. Não canta mal, mas sei lá, achei meio blé.

Caroline Burns – “So Far Away”

Não lembro dela na temporada passada, memória está bem ruinzinha. Mas achei legal ter voltado e no final das contas acabou se dando bem.

Emily Keener – “Goodbye Yellow Brick Road”

Apresento a vocês a rainha dessa primeira semana do show. Que voz deliciosa gente! Eu to apaixonado pela Emily e por essa blind maravilhosa! Quero mais!

Laith Al-Saadi – “The Letter”

Gostei da voz, mas vou esperar pra ver se o cara me surpreende na próxima fase, porque dessa vez não rolou.

Angie Keilhauer – “I Hold On”

Angie foi uma das minhas preferidas nessa segunda noite. Acho que poderia ter surpreendido ainda mais, mesmo assim mandou muito bem com esse vozeirão delicioso!

Kata Ray – “Redneck Woman”

Vem cá porque ainda to meio sem chão com essa blind. Kata tombou bonito com aquela explosão toda, ai quando terminou de cantar pulou pra cima do Adam e depois ganhou selinho da Xtina! Alguém chama o SAMU? Que tiro!

Anúncios