Primeiras Impressões: The Family (1×01 – Pilot)

The-Family-1x01Mais um drama familiar, porém uma série que tem potencial para se diferenciar das demais.

Estava ansioso pela estreia da série e a mesma aconteceu na última quinta-feira (03/03), mas os episódios seguintes irão pro ar nas noites de domingo. Pode-se dizer que já existem outras criações com um tema parecido, mas o trailer divulgado pela ABC deu a entender que tentarão fazer algo original com a história da família Warren e pelo menos o episódio piloto se mostrou interessante.

A série gira em torno do drama vivido pela família Warren, após o sumiço do pequeno Adam Warren. Dez anos depois o jovem misteriosamente reaparece, fazendo com que o homem condenado pelo seu assassinato fosse solto e claro, deixando toda a família feliz e ao mesmo tempo espantada.

O episódio não demora para mostrar que teremos aqui uma história envolvendo muito drama, amor, segredos e traições. A família Warren está longe de ser perfeita, imagem que todos buscam passar para o público, já que após o desaparecimento de Adam, Claire Warren se tornou prefeitura e agora busca a candidatura para o cargo de governador.

Já no início do episódio começaram a intercalar cenas do presente e também do passado, quando Adam misteriosamente desapareceu no parque. Já no presente, vimos um garoto completamente perdido procurando pela detetive que foi responsável pelo caso na época de seu desaparecimento e depois disso, com a notificação de sua volta para a família, tudo vira de ponta cabeça.

The-Family-1x01-aA mídia não deu espaço e durante todo o tempo fez plantão na casa dos Warren, o que já era de se esperar, já que além do fato da esposa da família ser uma pessoa pública, o caso por um todo chocou toda a cidade. Ainda assim logo começam a surgir dúvidas, já que fazem questão de trazerem cenas que me fizeram ficar com inúmeras perguntas.

Será que aquele garoto realmente é o Adam que desapareceu dez anos atrás? Por que ele estava assistindo e tentando memorizar aquele vídeo da infância? Danny pode sim estar um pouco descontrolado devido ao consumo de álcool, mas o jovem rapidamente notou diferenças em seu irmão. Quando a Willa, qual será o pecado tão grave que ela cometeu? A cena dela na igreja me deixou muito curioso.

Além disso tudo, existe ainda a relação de Claire e John, entre quatro paredes percebe-se claramente que o casamento não está bem, mas na frente das câmeras a esposa tenta passar totalmente o contrário. Sem contar que pelo que entendi existe uma ligação maior entre John e a detetive responsável pelo caso, nada foi confirmado ainda, mas ficou um pouco claro que os dois tiveram um envolvimento além do profissional.

A primeira impressão foi boa. Os quarenta e dois minutos de episódio me agradaram bastante e foram de uma agilidade interessante. Por enquanto pretendo continuar acompanhando, pra ver como o desenvolvimento da trama será trabalho e claro, obter respostas para todo esse mistério envolvendo o desaparecimento de Adam.

Anúncios