This is Us 2×11 – The Fifth Wheel

This-Is-Us-2x11Sim, fiquei derrubado aqui com esse retorno da série.

Já nem sei mais o que dizer sobre os Pearsons, essa família mexe demais comigo e como era de se esperar, o episódio da série foi marcado por muitos acontecimentos envolvendo aquelas pessoas e eu fiquei aqui, assistindo e sofrendo junto.

Achei interessante a maneira que escolheram para lidar com o problema do vício do Kevin. A série retornou com um salto no tempo, onde o personagem foi preso após dirigir bêbado com a filha do Randall no carro e ser enviado para reabilitação por uma ordem judicial. O melhor foi que dessa vez, os flashes serviram pra mostrar que Kevin se sentiu excluído desde a infância e pra mim de certa forma explicou um pouco as atitudes dele no presente.

Claro que tanto Rebecca quanto Kate e Randall não vão simplesmente acreditar na ideia de Kevin teve uma infância difícil, excluído pelos pais que davam a maior parte da atenção para os outros dois. Mas realmente foi algo que aparentemente aconteceu, acredito que na maior das inocências possíveis, com Rebecca e Jack não se dando conta que a maneira que lidavam com os filhos afetava Kevin.

Foi interessante e bastante intensa aquela reunião familiar com a terapeuta, onde o negócio ficou bastante pesado após Kevin começar a falar sobre seus pensamentos sobre a infância. Sim, eu fiquei meio revoltado com ele, mas por outro lado da pra entender aquilo que ele disse. A própria Rebecca na última conversa disse que deveria ter se preocupado mais com o filho, mas isso porque ela estava na certeza de que não era algo necessário e que ele estava bem, o que era exatamente o contrário.

This-Is-Us-2x11-aAinda bem que mesmo brigando aquela família consegue ser maravilhosa e depois de todo mundo de certa forma desabafar um pouco, no final vimos eles ali, lindos e juntos. Aquela imagem dos três irmãos na beira do rio abraçados serviu pra confortar todos os momentos complicados do episódio. Tomara que o Kevin realmente se recupere totalmente e que a relação com os irmãos fique ainda mais intensificada depois do que aconteceu.

Foi um retorno para realmente colocar Kevin no centro da coisa toda e particularmente eu gostei muito de como exploraram a história e como jogaram um pouco na nossa cara que por mais perfeitos que os Pearsons sempre foram, existia um pouco de imperfeição aqui e ali, mas ainda assim no final do dia eles estão todos juntos, um estendendo a mão para o outro.

Só pra encerrar, preciso comentar o quanto aquela última cena do episódio, com a Rebecca se deitando no chão com o Kevin mexeu comigo aqui. São pequenos detalhes que fazem uma diferença absurda nessa série. Muito amor.

Anúncios