Chicago PD 3×15 – A Night Owl

CPD-3x15Mas que agonia de episódio gente!

Chicago PD novamente trazendo um daqueles casos semanais onde fiquei o tempo todo aflito pra saber se iria terminar bem. Esse é um dos tantos pontos positivos da série, que consegue te prender durante todo o episódio e de certa forma te fazer sentir um tanto envolvido, torcendo pra que tudo termine bem.

Já começou com aquela noite fria, onde Burgess foi muito inteligente ao perceber que um dos motoristas estava agindo de forma estranha. Não demorou até que os cães farejadores encontrassem uma grande quantidade de heroína escondida dentro do veículo e quando pensei que seria apenas mais uma apreensão, aquele caso tomou uma proporção absurda.

Existia todo um plano por trás daqueles 10 quilos de heroína apreendidos e no meio do caminho foi aumentando a cada momento o número de vítimas envolvidas. A gota d’agua foi aquele garotinho que não tinha nem dez anos de idade acabar no meio do fogo cruzado e ser executado de maneira tão covarde. Quando vi o corpo da criança no chão, ficou impossível não se emocionar e pedir demais para que a polícia pegasse de uma vez por todas os responsáveis por aquilo e os fizesse pagar da pior maneira possível.

CPD-3x15-aAos poucos foram ligando os fatos, até que finalmente chegaram no verdadeiro responsável e confirmaram que o tal professor estava sim envolvido com todo o contrabando, mesmo que sem saber da verdadeira intenção dos bandidos. A história ficou ainda pior quando a filha do professor acabou sendo sequestrada pelos bandidos, que estavam pedindo cem mil dólares em troca, mas felizmente Voight e todo o seu time conseguiram descobrir o local que a jovem estava sendo mantida refém e impediram que o pior acontecesse.

Agora o que vocês me falam daquela cena maravilhosa que encerrou o episódio? Burgess, Brett, Erin e Reese fazendo as melhores amigas foi coisa linda de se ver! Muito amor envolvido.

Anúncios